Ubuntu na terra do pão di queijo

11/06/2008

KDE4 + Kubuntu Remix = Show!!!

Filed under: Software Livre,Ubuntu — Leonardo Amaral @ 17:31

Resolvi instalar o Kubuntu KDE4 Remix no meu (ou quase meu :p) notebook e agora vou contar a trajetória e os resultados da minha aventura.

Comecei com o download da ISO, que está disponivel aqui, aqui e aqui. O processo de instalação é trivial, idêntico ao do Kubuntu LTS, lembrando que é ALTAMENTE recomendavel instala-lo com a internet ligada, pois senão vai ficar em inglês. Sistema instalado, hora da customização.

Primeiramente eu atualizei o KDE para a versão 4.0.5, conforme descrito aqui. Para quem não sabe Inglês, é preciso habilitar as atualizações não suportadas no Adept (Ultima Aba da configuração de repositórios). Depois disso, konsole e:

sudo aptitude update ; sudo aptitude dist-upgrade

Agora o KDE tá bacana, então vamos customiza-lo. Coloquei um repositório que contém alguns plasmoids interessantes e o Amarok 2. Eis que segue a lista:

# PPA Jonathan Thomas Plasmoids
deb http://ppa.launchpad.net/echidnaman/ubuntu hardy main
deb-src http://ppa.launchpad.net/echidnaman/ubuntu hardy main

# Amarok 2!!!
deb http://ppa.launchpad.net/project-neon/ubuntu hardy main

Entao,

sudo aptitude update ; sudo aptitude dist-upgrade

Depois vem a instalação da pacotaiada:

aptitude install plasma-wifi coremoid amarok-nightly amarok-nightly-tools amarok-nightly-taglib \
vim extragear-plasma kubuntu-restricted-extras gtk-qt-engine-kde4 mozilla-firefox-locale-pt-br \
mozilla-firefox mozilla-firefox-adblock

Espere e reinicie o KDE.

O processo para instalar os plasmoids e facil. Basta ir ao canto superior direito da tela e clicar em Adicionar plasmoids. Pode-se arrastar o plasmoid para onde quiser, como fiz como plasma-wifi e o sensor de bateria, ou clicar duas vezes para ele ir para a area de trabalho.

Para o firefox e outras aplicações GTK ficarem bacanas, vá ao menu K, Configuração de Sistema, Aparência, GTK Styles and Fonts. Marque tudo para Use KDE style in GTK applications e rode o firefox antes de instalar o scrollbar fix. Aplique e reinicie o KDE.

Por enquanto é só. Não foi o processo mais dificil do mundo, e trouxe um resultado espetacular. Eu aproveitei que minha placa é uma Intel, e ativei os efeitos de desktop (Na Configuração de Sistema, Ambiente de Trabalho, Efeitos do Ecrã). Ficou muito bom, inclusive por que ativou o Alt-Tab com preview, sendo algo bastante interessante. E para finalizar, screenshots!

Desktop:

Area de Trabalho do KDE4

Firefox:

Firefox com GTK-QT

UPDATE:

Uns dias para traz descobri um tema pro Firefox q integra no QT4 (https://addons.mozilla.org/pt-BR/firefox/addon/7574 – Precisa de registro) que fica bem bacana. Também descobri pelo amigo Christian Tosta (www.ekaaty.com.br) o tema qtcurve (sudo aptitude install kde4-style-qtcurve gtk2-engines-qtcurve kde4-style-qtcurve-kdeconfig) que faz mais ou menos o que o gtk-qt-engine faz, só que ele é ajustado como um estilo e como tema no gtk-qt-engine. Fica beeeeeem melhor:

Firefox com KDE4 Theme + App gnome com qtcurve

Anúncios

20 Comentários »

  1. […] 11 / Junho / 2008 às 9:22 pm (Uncategorized) O Leonardo Amaral ( leleobhz ) descreve no seu blog a sua recente experiência na instalação e configuração do Kubuntu Remix com o KDE4, incluindo screenshots. Mais detalhes aqui. […]

    Pingback por KDE4 + Kubuntu Remix no blog do leleobhz « Me Deu Branco! — 11/06/2008 @ 21:22 | Responder

  2. Diga-me uma coisa, pois sou usuário gnome. O KDE ainda vem com aquela caceta de inutilitários. Isto é, com aquele menu poluído com aplicativos que jamais utilizaria ou está mais enxuto. Há uma KDE mais enxuto? Valeu.

    Comentário por Ronai Lisboa — 12/06/2008 @ 9:00 | Responder

  3. Ronai, depende do que você instala. No Ubuntu, se você instalar o kubunty-kde4-desktop, ele instala tudo. Mas tu pode instalar o kdebase normalmente (os nomes dos pacotes salvo engano coincidem com os nomes do site).

    Comentário por Leonardo Amaral — 12/06/2008 @ 9:33 | Responder

  4. Gostei muito do post, mesmo assim, acho que vou aguardar o 4.1 pra migrar do GNOME.

    Comentário por Roger Leite — 12/06/2008 @ 11:43 | Responder

  5. […] por Leonardo Amaral (leleobhzΘleleobhz·org) – referência […]

    Pingback por Relato de uso do KDE 4.0.5 — 13/06/2008 @ 8:03 | Responder

  6. Ronai Lisboa, e outra coisa, se você instalar o ubuntu-desktop, ele também vem com um punhado de coisa que, pelo menos eu, nunca usei. ; )

    Interessante é dar um “apt-get install kde”, ai sim você verá o que é pacotaida ‘inutil’. ; )

    E Leonardo, muito bom o post. ; ) Parabéns. O KDE4 esta lindo, mas não tive boas experiências sonoras nele (tudo tem som! você move o mouse e ele da um apitinho…e da um trabalho desativar tudo hehe)

    Comentário por Pascutti — 13/06/2008 @ 8:33 | Responder

  7. Pascutti, hahahahahha realmente. Como eu instalei em notebook, então esses sonzinhos normalmente não são tão audiveis.

    Comentário por Leonardo Amaral — 13/06/2008 @ 9:19 | Responder

  8. provavelmente você nunca usou Os X (mac os)

    quando usar tenho certeza que escrevera um outro artigo, dessa vez para falar como as interfaces padroes nos sistemas abertos (kde, Gnome) são atrasadas, mal programadas (overhead) e principalmente pouco usaveis…

    Abraço

    Comentário por Paulo — 13/06/2008 @ 12:57 | Responder

  9. Paulo, eu tenho o MacOSX UpHuck neste mesmo notebook (E tem um bug chato com a intel que eu preciso dar boot com ele ligado noutro monitor, senão não funciona). A Apple sempre foi primorosa no quesito design, concordo. Mas não e algo que ninguém possa chegar. O KDE4 está bem mais proximo disso do que o Gnome (Alias o gnome parece q parou no tempo) e a idéia não é ser o MacOS. Mas eu concordo que o macete dos .dmg e da Lixeira são demais mesmo ;]

    Comentário por Leonardo Amaral — 13/06/2008 @ 13:03 | Responder

  10. Instalei o kubuntu remix num duo 2 core com 4Gb de ram. Posso falar o seguinte: É bastante enxuto. Somente programas básicos. Mas o danado é uma verdadeira lentidão comparado ao gnome. Isto é devido a esta versão do KDE 4? Bonito, funcional, mas lento.

    PS> com todos os drivers corretamente instalados.

    Comentário por Ronai — 13/06/2008 @ 20:28 | Responder

  11. Artigo fraco e sem nenhum conteúdo, o que demonstra seu pouco/nenhum conhecimento técnico.

    Comentário por Ppo — 13/06/2008 @ 23:21 | Responder

  12. Como você pode exibir um screenshot do Firefox no KDE4 tão horrível quanto este ? Veja as ABAS estão feias e mal desenhadas. Eu fiz a besteira de instalar o Kubuntu no lugar do Ubuntu aqui, e já estou voltando correndo para o Ubuntu…

    KDE4 está longe de prestar ainda.

    Comentário por Carlos Aquino — 15/06/2008 @ 15:42 | Responder

  13. Carlos, o motor GTK-QT serve para “traduzir” as aplicações GTK para os widgets QT, mantendo a aparencia do QT. Mas lembre-se que o Firefox SEMPRE FOI ORIENTADO AO GTK, então há muitos pequenos detalhes que saem da vista. Nada que um tema orientado ao QT nao faça, mas eu não tive tempo de mexer com isso.

    Comentário por Leonardo Amaral — 15/06/2008 @ 16:40 | Responder

  14. Ronai, nao sei mesmo te dizer. Meu note é um centrino 1.86 com 2gb de ram. Não entendo porque ficou lento por ai. Se você quiser mandar detalhes do seu sistema, talvez eu possa ajudar.

    Ppo, Eu não quis escrever nem o maior e nem o melhor post do mundo. É só uma experiencia. Mas se você quiser acrescentar algo, fique a vontade.

    Comentário por Leonardo Amaral — 15/06/2008 @ 19:08 | Responder

  15. Nao tem problema. Justamente por ser um post de primeira impressão. também fiz estes meus comentários. Mas comparando uma instalacao limpa gnome x kde, o gnome saiu na frente. um abraco e continue postando!

    Comentário por Ronai — 15/06/2008 @ 22:54 | Responder

  16. no dia que o kde limpar o menu, e ficar enxuto, daí vou migrar com alegria.

    Comentário por Adriano — 20/06/2008 @ 22:37 | Responder

  17. Po, Leonardo, ficou feio pra caramba o Firefox. Até o meu, no KDE 3, fica melhor: http://img106.imageshack.us/img106/5716/firefoxkde3jy1.png
    O problema mesmo é o desempenho. É um lixo. Abrir uma janela é uma tortura.

    Por que ninguém porta o Firefox pro Qt? Seria um sonho :)
    Existe algum projeto em andamento? Eu faria questão de ajudar.

    Comentário por Otto — 28/06/2008 @ 11:24 | Responder

  18. Otto, vou fazer um pequeno update no artigo nos proximos minutos com uma alteração interessante.

    Comentário por Leonardo Amaral — 28/06/2008 @ 17:02 | Responder

  19. Tá fino o tema hein… tu já tentou importar o tema 4Elements do Qtcurve do Ekaaty no KDE4?

    Comentário por Christian Tosta — 15/09/2008 @ 0:45 | Responder

  20. Olá, uso o Ubuntu com gnome e sempre quis usar o kde, mas no meu note (positivo v56) o ubuntu ro da bem e não testeo o kubuntu. Será que pode funcionar também? Obrigado.

    Comentário por Gilberto — 18/01/2009 @ 1:30 | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: